Regional

Período chuvoso com temporais na Capital pode trazer riscos; Defesa Civil traz alerta

Especialista aponta que este ano, na maior parte do período chuvoso, haverá formações de nuvens que produzem rajadas de vento, com descargas elétricas, raios e trovões

Muito bem definido, o período chuvoso no Estado começa a partir da segunda quinzena do mês de outubro, avançando até meados do mês de maio de 2022, e uma das características do ‘inverno tocantinense’ são as nuvens acompanhadas com rajadas de ventos, raios e trovões, devido a localização geográfica da região que tem grande incidência solar e muita umidade. Por isso, nesta época, é preciso ter cuidados redobrados dentro e fora de casa, antes, durante e depois dos temporais, conforme alerta a Defesa Civil de Palmas.

Durante as chuvas fortes, a população deve evitar áreas de inundação e não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e próximas a córregos e ribeirões, pois há risco de seu nível se alterar rapidamente, podendo acarretar transbordamentos. É importante atenção especial para áreas de encostas, morros e com enxurradas bruscas.

De acordo com o superintendente da Defesa Civil do Município de Palmas, Bruno Maciel, em casa, é importante fazer a revisão do madeiramento e reforçar a amarração do telhado. Os aparelhos elétricos devem estar desligados das tomadas, assim como o gás. “Se você morar ou possuir comércio em áreas sujeitas a alagamentos e inundação, coloque seus móveis e estoques em lugares altos”, recomenda Maciel.

[relatedposts]

 

Enchentes

Outra orientação é não utilizar alimentos atingidos por enchentes e nem ingerir água de inundações. O telhado e canaletas de águas devem ser limpos para evitar entupimento, e o lixo não deve ser jogado em bueiros, bocas de lobo, nem em córregos e rios, para não obstruir o escoamento da água.

Deve-se evitar deixar crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois elas podem se contaminar e contrair graves doenças, como hepatite e leptospirose.

 

Emergências

A Defesa Civil realiza monitoramento constante a fim de avisar a população em caso de chuvas fortes, e como proceder nesses casos.

Em caso de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil Municipal, que fica em alerta 24 horas, por meio do telefone 153 ou pelo WhatsApp (63) 99242-3285.

 

Especialista

 

Do ponto de vista climatológico o período chuvoso no Estado já começou, é o que afirma o meteorologista, José Luiz Cabral, professor da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). “Hoje Já tivemos registros de bons volumes pluviométricos em varias regiões do Estado”.

O professor aponta que o acumulado de chuvas no Estado está dentro da média climatológica. “Desde o ano passado estamos sobre a influência do fenômeno La Niña, que reduz as chuvas na região Sul e aumenta significativamente as chuvas nas regiões Norte e Nordeste”, pontuou.

Cabral afirma teremos, na maior parte do período chuvoso, formações de nuvens que produzem rajadas de vento, com descargas elétricas, raios e trovões.

 

Outra dicas:

 

Não é recomendado buscar abrigo ou estacionar veículos debaixo de árvores, pois elas podem cair e ocasionar graves acidentes;

Devem ser evitadas áreas abertas, como campos de futebol, quadras de tênis, estacionamentos, praias e rios;

Mas é recomendado não ficar no alto de morros ou no topo de prédios;

Devem ser evitados locais próximos a cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos, assim como lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios (pequenas construções não protegidas, tendas ou barracos, veículos sem capota como tratores, motocicletas ou bicicletas), linhas de energia elétrica e torres telefônicas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios