Gospel

Amanda Ferrari denuncia ex-marido por ameaças e cantores evangélicos se calam

"Seja livre de tudo que lhe faz mal, de tudo que te faz sentir pra baixo. Você é linda, você é guerreira, você é especial pra Deus", diz a nota.

“Seja livre de tudo que lhe faz mal, de tudo que te faz sentir pra baixo. Você é linda, você é guerreira, você é especial pra Deus”, diz a nota. Foto: Reprodução/Internet

A cantora gospel Amanda Ferrari usou as redes sociais para denunciar seu ex-marido, Gunavingre Salustiano de Souza, por ameaças e violência psicológica.

“Por muito tempo me calei e me prejudiquei por não falar, carreguei um fardo de acusações que não me pertenciam”, disse ela em uma publicação feita no Instagram nesta sexta-feira (10), após a repercussão do caso.

Amanda aproveitou o assunto para incentivar outras mulheres a denunciarem casos de violência doméstica pelo Disque 180 ou pelo site da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, do Governo Federal através do https://www.gov.br/mdh/pt-br/ondh.

“Seja livre de tudo que lhe faz mal, de tudo que te faz sentir pra baixo. Você é linda, você é guerreira, você é especial pra Deus”, diz a nota.

[relatedposts]

O curioso é que nas curtidas e comentários do post não vemos o posicionamento de grandes cantores evangélicos que seguem e são amigos de Amanda Ferrari.

Entenda o caso

Amanda e Gunavingre se separaram em 2016, após ele engravidar a amante. Em 2019 o divórcio se consolidou e desde então a cantora gospel e o filho passaram a viver momentos de terror.

Cansada de ser ameaçada, ela resolveu pedir uma medida protetiva, com base na lei Maria da Penha. “Ele nunca me bateu, mas é uma violência psicológica muito alta! Ele expõe vídeos de brigas nossas na internet, pra mostrar que eu sou descontrolada”, contou ela ao jornalista Léo Dias.

Segundo ela, o ex-marido quer o dinheiro da casa onde Amanda ainda mora com o filho, avaliada em R$ 1 milhão. A cantora, porém, não tem para onde ir, porque o ex-marido, que era seu empresário, a deixou em condições financeiras muito ruins.

“Quando eu larguei dele, ele me deixou com R$ 11 na conta! Eu não tenho nome limpo, não tenho cartão de crédito! Ele acabou com a minha vida financeira e com a minha vida afetiva”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios