Policial

PF investiga criminosos que invadiam contas bancarias para pagamento de boletos

Investigação Polícia Federal contra grupo criminoso. Foto: Divulgação/PF

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em três cidades do Tocantins, pela Polícia Federal, nesta quinta-feira (22). A operação busca desarticular uma associação criminosa suspeita de fazer fraudes bancárias eletrônicas para o pagamento de boletos. Segundo as investigações, as fraudes geraram prejuízos à Caixa Econômica Federal.

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Guaraí e Pindorama do Tocantins. De acordo com a Polícia Federal, empresários usaram os serviços de crackers para pagar boletos por meio de fraudes eletrônicas, após uma invasão de contas bancárias. As investigações mostraram ainda que os criminosos tem um lucro de 50% dos valores em relação aos valores dos boletos, visto que pagavam somente 50% dos valores em boleto aos cyberpiratas pela prestação do serviço.

Procon notifica BRK por desabastecimento de água em Paraíso do Tocantins

Todos os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas e a operação foi denominada como ‘fifty-fifty’, que significa “meio a meio”, metade de encargos ou benefícios utilizada pelos criminosos.

[relatedposts]

Os investigados responderão pelos crimes de furto qualificado mediante fraude e estelionato.

Prevenção à mortalidade materna é alvo de campanha contínua

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios