Mundo

Estudo aponta que vacina da Pfizer tem 10 vezes mais anticorpos que a CoronaVac

Em um estudo de Hong Kong chamado “The Lancet Public Health”, divulgado pela “Bloomberg”, aponta que pessoas imunizadas com a vacina da Pfizer-BioNTech tem dez vezes mais anticorpos que aqueles vacinados pelo imunizante da empresa biofarmacêutica SinoVac, o CoronaVac. 

O estudo, que analisou diferentes tipos de vacina, descobriu que os níveis de anticorpos entre os profissionais de saúde de Hong Kong vacinados com a vacina de mRNA da BioNTech são cerca de 10 vezes superior aos observados nos receptores da vacina inativada da Sinovac Biotech.

1.442 amostras foram coletadas de profissionais da saúde que trabalham em clínicas médicas de Hong Kong. Conforme o estudo, os receptores do CoronaVac tinham níveis semelhantes ou mais baixos de anticorpos em comparação com os pacientes que foram infectados pela Covid-19. 

[relatedposts]

Veículo é incendiado após atearem fogo em lote baldio

A descoberta soma-se a um conjunto de provas que indicam a superioridade das vacinas de mRNA quanto à criação de imunidade contra o Sars-CoV-2 e as suas variantes, em comparação com vacinas desenvolvidas por métodos mais tradicionais, como inativação do vírus.

Países desde Israel aos EUA confiaram principalmente em vacinas que utilizam a técnica de mRNA da Pfizer, da BioNTech, bem como da Moderna assistiram a uma redução acentuada nas infeções. Os países que têm utilizado vacinas como a Sinovac e Sinopharm da China não tiveram tanto impacto no número de casos, embora o uso de ambos os tipos tenha evitado significativamente Covid e fatalidades mais graves.

Professor Valdemar, pai de deputado estadual, é enterrado na tarde dessa quinta-feira

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios