Policial

Órgãos de segurança alinham ações da Operação Tolerância Zero na Capital e em Luzimangues

A reunião técnica ocorreu no Quartel do Comando Geral da PM, com a presença dos representantes das forças de segurança e órgãos de fiscalização estaduais e dos municípios de Palmas e Porto Nacional.

Gisele Burjack/Governo do Tocantins

 

Uma reunião para o ajuste de ações da Força Tarefa da Operação Tolerância Zero ocorreu na manhã desta quinta-feira, 1º, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, onde estiveram presentes representantes de diversos órgãos da segurança pública e de fiscalização estaduais e municipais.

[relatedposts]

O objetivo da reunião foi alinhar e planejar as ações integradas que serão realizadas neste sábado, 03, com vistas a garantir o cumprimento do Decreto Estadual que estabelece medidas contra a disseminação da Covid-19.

Cada órgão estabeleceu quantos agentes poderão participar das equipes que reforçarão o policiamento e a fiscalização em três pontos pré-estabelecidos: na região Sul da Capital, no Plano Diretor e em Luzimangues, Distrito de Porto Nacional.

As estratégias operacionais e administrativas, observam a competência de cada força, conforme a legislação, cabendo à Polícia Militar o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública.

Na abertura da reunião, o Chefe de Estado Maior da PM, coronel Wesley Borges Costa, externou sua satisfação com o trabalho integrado que já vem sendo feito entre as forças desde o início da pandemia e reforçou que só com a parceria de todos, a atuação será efetiva.

Força-Tarefa “Tolerância Zero” 

O decreto 6.230, assinado pelo governador Mauro Carlesse tem o objetivo prevenir e enfrentar as condutas que contribuam para a propagação do novo Coronavírus. O pacote de medidas instituiu ainda a Força Tarefa “Tolerância Zero”, que atuará de maneira a garantir o cumprimento do decreto e dispersar eventos e aglomerações.

Dentre as medidas elencadas no decreto, fica proibida a realização de eventos de qualquer natureza, além da aplicação de penalidades, em caso de descumprimento de regras, para pessoas físicas e/ou jurídicas (advertência, multas, interdição parcial ou total do estabelecimento, cancelamento de autorização para funcionamento de empresa e cancelamento do alvará de licenciamento).

Foto: Divulgação PMTO

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios