Policial

Suspeito de fraudar sistema de cotas é investigado pela PF

Polícia Federal. Foto: Divulgação

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido na manhã desta sexta-feira, 18, em Palmas, em desfavor de um estudante suspeito de fraude para entrar no curdo de medicina da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

De acordo com as investigações, o homem teria apresentado uma declaração falsa de quilombola para entrar pelo sistema de cotas. As investigações começaram ainda no fim de 2019. O homem que não teve o nome divulgado faz parte de uma família com envolvimento na política em Minas Gerais.

Com incentivo do Governo, empresário anuncia implantação de esmagadora de semente de algodão no TO

De acordo com a Polícia Federal, policiais estiveram no quilombo Gorotuba, na cidade de Catuti (MG), onde se verificou que a declaração apresentada pelo acadêmico era falsa.

[relatedposts]

A PF estima um prejuízo aos cofres públicos chegue de R$ 500 mil, que seria o custo médio de uma faculdade de medicina em instituição particular. Além disso, a polícia investiga se o homem estaria praticando o crime de exercício ilegal de medicina, já que ele estaria dando plantões.

A ação foi chamada de Doutor Palmares, nome de Doutor Palmares faz referência ao quilombo dos Palmares, símbolo da resistência à escravatura.

Mais de quatro mil famílias recebem o Cartão da Família no primeiro dia de entrega

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios