Policial

Médico é indiciado por omissão de socorro a idoso em Paraíso

Idoso Raimundo Araújo dos Santos. Foto: arquivo pessoal

Foram concluídas as investigações sobre a morte do idoso Raimundo Araújo dos Santos, 66 anos, em um corredor do Hospital Regional de Paraíso do Tocantins, em novembro de 2020. Com a conclusão, a polícia civil decidiu indiciar o médico por omissão de socorro.

De acordo com as investigações, o paciente demorou ser atendido, saiu da sala de espera e cerca de 12 horas depois, já no outro dia, ele foi encontrado morto em uma ala do hospital que passava por reformas.

Raimundo foi levado ao hospital depois de sofre um acidente de moto e morreu após ter um choque hemorrágico causado por uma lesão renal do lado esquerdo, segundo o laudo da perícia.

Mauro Carlesse recebe vereadores de Gurupi; confira

[relatedposts]

Durante as investigações da 61ª Delegacia de Paraíso do Tocantins 13 testemunhas foram ouvidas. A maioria disse que não percebeu a hora em que o idoso saiu da sala de espera.

Em depoimento, o médico afirmou que não estava no consultório quando o paciente foi encaminhado e na hora da chamada o idoso não apareceu.

O inquérito, assinado pelo delegado Hélio Humberto, afirma que com base nos elementos disponíveis descritos na peça acusatória, e tendo em vista a atitude do médico em não atender o paciente na hora que estava em seu consultório, o médico foi indiciado por omissão de socorro.

Mãe que abandonou bebê se apresenta à polícia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios