Policial

Polícia faz buscas em presídios tentando identificar mandantes de ataque a ônibus

Ônibus queimado em Lajeado. Foto: Divulgação/MPTO

Foram cumpridos nesta quinta-feira, 10, mandados de buscas e apreensão em alas da Unidade de Segurança Máxima de Cariri, da Unidade Prisional de Gurupi e do presídio Barra da Grota, em Araguaína, buscando encontrar membros de uma facção criminosa responsáveis por atear fogo em um ônibus escolar, no dia 11 de abril.  De acordo com a polícia, buscas e apreensões também foram cumpridos em Lajeado.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Hismael Athos, o veículo foi incendiado intencionalmente enquanto estava em uma garagem da prefeitura da cidade de Lajeado.

Criança de 10 anos que está desaparecida pode ter sido levada por um ciclista, diz polícia.

Carta encontrada no local no dia do ataque. Foto: Divulgação/MPTO

Carta

[relatedposts]

No local foi encontrada uma carta, feita a mão, com mensagens dizendo que o incêndio havia sido uma forma de protestar pelas condições em que estavam os presos na cadeia de Gurupi, na região sul do Tocantins.

Na época do crime, os Jovens Lucas Gomes Ribeiro e Jackson de Souza Soares foram identificados como autores do incêndio.  De acordo com a polícia, os dois não tinham passagens pela polícia e teriam sido aliciados pela organização criminosa.

Justiça suspende atividades agroindustriais em propriedade da Bacia do Alto e Médio Araguaia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios