Política

Nepotismo: Presidente da câmara de Ananás é obrigado a exonerar a filha 

Foto: Divulgação

Na última quinta-feira, 27, a Câmara Municipal da cidade de Ananás, região norte do Tocantins,  juntamente com o Ministério Público do Estado (MPTO), assinaram o termo que ajusta a conduta do presidente do Legislativo, Ronaldo Monteiro. No ato o presidente se compromete em exonerar a filha do cargo de tesoureira, ato configurado como nepotismo. 

Segundo o documento ele ainda  terá que anular o contrato assinado em fevereiro com a empresa de contabilidade, em virtude da Casa já possuir o profissional contador efetivado. 

Vice-governador Wanderlei Barbosa e ex-jogador Nilmar Honorato discutem investimentos no TO

O acordo feito com o presidente e sua filha solicita a devolução de cerca de R $8.000  pagos a título de remuneração.

[relatedposts]

No documento está em observância que ao ser notificado acerca da investigação dos fatos, Ronaldo Monteiro logo se dirigiu à Promotoria de Justiça de Ananás, em busca de uma solução consensual.

Ageto atende requerimentos de Léo Barbosa e inicia a recuperação da TO-348 e TO-446

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios