Política

Cinthia Ribeiro comemora mudança de critérios para acelerar vacinação

Para prefeita, com proposta da FNP atendida pelo Ministério da Saúde, gestores terão maior flexibilidade para administrar doses nos municípios

Autor: Redação Gabinete Prefeita |

A nova orientação do Ministério da Saúde para liberação da vacina contra a Covid-19 para o público sem comorbidade, em ordem decrescente a partir de 59 anos, anunciada nesta sexta-feira, 28, foi comemorada pela prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, que é vice-presidente de Relações Institucionais da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). A medida atende a uma demanda apresentada pela FNP, proposta por gestores municipais de todo o País, em reunião geral ocorrida no dia 20 de maio, e vai acelerar a imunização em cidades onde há baixa procura por certos grupos prioritários.

 

 “É preciso avançar. Sabemos que a vacinação é o melhor caminho para sairmos dessa pandemia, e com a proposta da FNP, prontamente atendida pelo Ministério da Saúde, nós, prefeitos, teremos maior flexibilidade para administrar a vacinação nos municípios”, destacou Cinthia Ribeiro.

 

[relatedposts]

A Nota Técnica do MS também trata da vacinação dos profissionais da educação. Neste caso, a orientação é priorizar creches, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA, nessa ordem; e, na sequência, trabalhadores da educação do ensino superior.

 

Moradores do Aureny III agradecem o pedido de Joatan para implementações em via

 

“Com essa notícia, estamos confiantes que, em agosto, poderemos iniciar o segundo semestre letivo na rede municipal no formato híbrido. Por segurança, decidimos manter o ensino remoto nas duas semanas que faltam para encerrar este semestre”, explicou a prefeita.

 

A vacinação do público não prioritário ocorrerá de maneira escalonada e por faixas etárias decrescentes, desde que a vacinação dos grupos prioritários restantes seja mantida e cumprida. “Em Palmas, a Saúde tem agido com muita responsabilidade e transparência na administração das doses, seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI)”, ressalta ela, lembrando que os cronogramas de vacinação são definidos semanalmente, conforme a chegada de novas remessas de doses para a Capital.

Nepotismo: Presidente da câmara de Ananás é obrigado a exonerar a filha 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios