Policial

Em Paraíso: PRF apreende quase uma tonelada de drogas em caminhão

Quase uma tonelada de drogas foi apreendida. Foto: Divulgação PRF

A apreensão aconteceu na noite desta quarta-feira, 26, no km 497 da BR-153, em Paraíso do Tocantins. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 911 kg de entorpecentes que estavam sendo transportados dentro de uma carga de isopor em um caminhão. De acordo com a PRF,  essa foi a maior apreensão da PRF no Tocantins em 2021 e gerou um  prejuízo milionário para as organizações criminosas.

A abordagem policial orientada por inteligência resultou na parada de um caminhão Volvo/NH12380 acoplado a um semirreboque. Segundo a polícia, no veículo estavam o condutor e um passageiro. Além do caminhão, a PRF também abordou um Celta que acompanhava o caminhão na viagem e servia como “batedor”. Eles vinham  de Manaus e tinha São Paulo como destino.

“Quem não deve, não teme”, diz Ataídes Oliveira sobre convocação de Carlesse à CPI da Covid-19

Os três envolvidos, condutores e passageiro, apresentaram nervosismo e informações que não batiam com as outras. No semirreboque acoplado ao caminhão haviam caixas de isopor, nas primeiras não continham nada, mas,  as do fundo estavam cheias de drogas.

[relatedposts]

Segundo o balanço, foram apreendidos aproximadamente 886 kg de substância análoga a Skunk e 25 kg de substância análoga Haxixe. Ainda dentro do caminhão foi encontrada uma arma de fogo, e R$ 5.984,50 em espécie com os envolvidos.

Droga foi apreendida em Paraíso do Tocantins Foto: Divulgação / PRF

O passageiro que não teve o nome divulgado, confessou ser o dono das drogas e que teria contratado o motorista e um amigo para fazer o batedor. Segundo ele, receberia 150 mil para fazer o transporte da droga. O motorista do caminhão afirmou não saber da droga dentro do caminhão. Já o condutor do Celta confessou saber dos entorpecentes e disse que receberia 4 mil reais pelo serviço.

Os três foram presos e conduzidos junto com a carga para a Delegacia de Polícia Civil de Paraíso. Eles devem responder pelos crimes de: Tráfico de drogas; Porte ilegal de arma de fogo de uso permitido; e Porte de droga para consumo.

Vereador SGT Júnior Brasão é eleito vice-presidente da Bancada Empresarial da Câmara de Palmas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios