Política

Senador determina PL do Primeiro Emprego como “Lei Bruno Covas” em homenagem ao prefeito que morreu

Foto: Divulgação

Na última terça-feira, 25, o Senado aprovou o Projeto de Lei 5.228 de autoria do senador Irajá Abreu. O projeto visa incentivar a contratação de jovens para o 1° emprego, além de reduzir impostos para as empresas que os contratarem.

O projeto foi aprovado e batizado como “Lei Bruno Covas”, em homenagem ao ex-prefeito de São Paulo, que morreu no último dia 16 deste mês, aos 41 anos, vítima de câncer. Apresentado em 2019, a ideia reduz impostos para incentivar a contratação de jovens sem oportunidade no mercado de trabalho.

Atleta tocantinense disputará seletiva dos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Segundo Irajá a proposta foi aprovada em um momento em que o País registra recorde no desemprego entre jovens. De acordo com o IBGE, 1 a cada 4 brasileiros entre 15 e 29 anos estão desempregados, maior percentual já registrado em 8 anos.

[relatedposts]

“Estando dando um empurrão para 20 milhões de jovens entre 16 e 29 anos que querem trabalhar para crescer profissionalmente, ajudar suas famílias e ter uma vida digna. Não são trabalhadores comuns, porque não possuem experiência profissional. E é justamente por essa razão que as portas se fecham para eles. Estamos corrigindo essa distorção para estimular o mercado de trabalho a dar oportunidade para essas pessoas”, argumentou Irajá. 

Após um AVC, prefeito de Turitatins morre em Palmas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios