Regional

Município do Tocantins é investigado por ineficiência no combate à Pandemia da Covid-19

Foto: Divulgação

Por meio da Assessoria de Imprensa o Ministério Público do Tocantins, através da Promotoria de Justiça publicou que vai investigar o município de Peixe, região sul do estado, por eventual responsabilidade dos gestores municipais diante da inércia e ineficiência no combate à pandemia de Covid-19. 

A atuação leva em consideração a falta de posicionamento e fiscalização por parte do prefeito e dos secretários do município, tendo em vista as recorrentes notificações de aglomerações em pontos comerciais em locais às margens do rio Tocantins.

Senador determina PL do Primeiro Emprego como “Lei Bruno Covas” em homenagem ao prefeito que morreu

As aglomerações não foram notificadas e autuadas por parte da prefeitura. Segundo Mateus Ribeiro, promotor de Justiça,  é indispensável a atuação dos gestores em  medidas preventivas e punitivas a fim de impor o cumprimento das orientações das autoridades sanitárias destinadas ao combate do Vírus, principalmente no período que se aproxima, da temporada de praia.

[relatedposts]

“É obrigação da Prefeitura e das secretarias municipais selecionar profissionais aptos e preparados para exercer as importantes funções de fiscalização, bem como exigir destes que ajam com eficiência”, afirmou Mateus Reis. 

APRA-TO lamenta falecimento do ex-prefeito de Tupiratins, Janilson Veras

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios