Política

Cinthia reforça que medidas de reabertura devem seguir regras sanitários “Prevenção ou restrição?”

“Foram criados justamente para conter a disseminação do coronavírus e evitar novas infecções”, disse

Prefeita Cinthia Ribeiro. Foto: Divulgação

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), reforçou em sua rede social, nesta segunda-feira, 24, os protocolos sanitários necessários para a reabertura de escolas, bares e restaurantes. “Foram criados justamente para conter a disseminação do coronavírus e evitar novas infecções”, disse. 

O decreto, que entrou em vigor no dia 21 de maio, diz que foi ampliado o horário de funcionamento do setor de alimentação fora do lar. “Queremos conviver com as medidas de prevenção ou de restrição?”, questiona Cinthia. 

Temporada de Praia em Formoso do Araguaia ganha medidas restritivas que visa combater à Covid-19

A prefeita afirma que os indicadores da pandemia em Palmas apontam um aumento na circulação do vírus e da taxa de internações em UTI. “Os protocolos sanitários para a reabertura de escolas, bares e restaurantes foram criados justamente para conter a disseminação do coronavírus e evitar novas infecções. Por isso, nesta reabertura é muito importante seguir todas as regras estabelecidas”, diz a prefeita. 

[relatedposts]

Cinthia finaliza dizendo que o retorno é possível, “mas exige responsabilidade e comprometimento de todos!”. 

Decreto 

O Decreto nº 2.048, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na sexta-feira do dia 14, diz que bares e restaurantes poderão ter o horário de funcionamento ampliado das 11h às 22h a partir do dia 21 de maio, respeitando as recomendações sanitárias e o limite de 50%. 

De acordo com o decreto, espaços públicos, exceto os píeres e as faixas de areia da praia, poderão ser reabertos. O decreto traz também novas medidas para as casas agropecuárias, distribuidoras, conveniências e serviços administrativos do Município.

Ainda de acordo com o decreto, escolas particulares poderão retomar as aulas presenciais, de forma escalonada e sistema híbrido, a partir do dia 17 de maio, respeitando o limite de 50% da capacidade de cada área do estabelecimento e os protocolos sanitários. 

Donos de estabelecimentos são autuados por aglomeração após decreto liberar atendimento presencial

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios