FeaturedRegional

Movimentação tranquila nos postos de vacinação da Covid-19 em Palmas, nesta sexta

O professor universitário Frederico Rocha, 42 anos, aproveitou a agenda mais tranquila na manhã desta sexta-feira, 21, para receber a vacina contra a Influenza (H1N1), na Unidade de Saúde da Família (USF) Isabel Auler, pertinho da sua residência. Frederico é mais um palmense imunizado contra a Covid-19 e agora, também, contra a gripe.

 

“Agora com essa pandemia ficou mais evidente que a prevenção é o melhor caminho para evitar algumas patologias e as suas complicações. Patologia simples como a gripe, por exemplo, pode gerar pneumonia e uma internação, então investir nesta prevenção é muito importante”, ensina o professor. Segundo ele, mesmo estando protegido dessas doenças, só vai conseguir se sentir mais seguro quando todos estiverem imunizados. “Pincipalmente contra a Covid, porque só assim, o vírus ficará menos circulante e trará mais proteção pra todo mundo. Mas já é um grande passo receber as doses, traz mais tranquilidade.”

 

Dora Costa, 64 anos, que também já tomou as duas doses da vacina que previne a Covid-19, esperou o intervalo das vacinas e foi receber a dose da Influenza. “Depois que vacinei com as duas doses da Covid, já até viajei, coisa que não fazia há muito tempo. Hoje, vim à unidade para receber a dose da vacina contra a gripe. Receber a vacina é primordial para toda a população. Acredito que logo, todos estarão imunizados”, relata a moradora.

[relatedposts]

 

Primeiro lote de restituição da taxa do concurso anulado da PM já está em processamento no Banco

 

A movimentação nas Unidades de Saúde que estão ofertando a vacina contra a Influenza e da Covid-19 está tranquila nesta sexta. Na USF Isabel Auler, localizada na Arso 23 (207 Sul), que está exclusivamente fazendo a vacina da gripe, cerca de 35 pessoas tinham recebido o imunizante da Influenza, até o final da manhã. A sala de vacina, que ficará aberta até às 17 horas, recebeu 500 doses para a vacinação no dia de hoje.

 

Influenza (H1N1)

 

Fazem parte dos grupos prioritários nesta etapa que segue até o dia 08 de junho, idosos a partir de 60 anos, professores de escolas públicas e privadas e profissionais da saúde. Para vacinar é necessário apresentar o cartão de vacinas e o cartão Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Vacinação Covid-19

 

Podem se vacinar pessoas acima de 40 anos com comorbidade; pessoas acima de 18 anos que possuam deficiência permanente, insuficiência renal crônica, pessoas imunossuprimidas, grávidas e puérperas com comorbidades e/ou demais fatores de risco.

 

Documentos necessários

 

Para receber a vacina, a pessoa deve comparecer ao local da vacinação com documentos pessoais (RG ou CNH), Cartão de Vacina, laudo ou relatório médico comprovando a comorbidade. No caso das mulheres grávidas, é necessário também levar exame que ateste a gestação. Já as puérperas precisam levar registro de nascimento do recém-nascido ou Declaração de Nascido Vivo ou Natimorto, que ateste o parto ocorrido em até 45 dias. É imprescindível a apresentação de original e cópia da documentação comprobatória da comorbidade. O documento fica retido no ato da vacinação.

Crédito das fotos: Milena Botelho

Governo inicia trabalho com balsas que serão usadas nas fundações da Ponte de Porto Nacional 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios