FeaturedPolítica

APRA requer na justiça suspensão de desconto indevido por parte do IGEPREV

 

A APRA protocolou na justiça uma ação requerendo a suspensão imediata do desconto no salário integral dos militares (PMs e BMs) inativos e pensionistas, por parte do IGEPREV. O desconto deve vir apenas sobre o que excede o teto da previdência ou o seu dobro, quando acometido por doença grave conforme o disposto artigo 14, da Lei 1614/05.

Cafezinho da tarde rende grandes expectativas para as eleições de 2022

A ação foi protocolada no dia 20 de abril, pela assessoria jurídica da APRA. O processo de nº 0012946-06-2021-8-27-2729 tramita na 2ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Palmas.
Todos os militares do Estado (inativos e pensionistas) estão pagando contribuição previdenciária compulsoriamente (descontando na fonte), sob a proporção do salário integral, não sendo aplicada à isenção acima referida.

[relatedposts]

O Instituto cancelou a isenção da contribuição previdenciária aos valores que excedem o teto ou o dobro do teto da previdência, editando, no dia 30 de março desse ano, a Portaria nº 380.

 

Ascom APRA-TO

APRA-TO dará início à execução das progressões, e convoca associados militares

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios