Política

Eli Borges vota contra o Projeto de Lei que libera o plantio de drogas no Brasil

Nesta terça-feira,18, o deputado federal Eli Borges (Solidariedade), se manifestou contra o projeto de lei 399/2015 que permite o plantio de Cannabis com finalidades medicinais e industriais no Brasil. Sua manifestação acontece porque esta semana, em Brasília, ocorrerá uma reunião decisiva para finalizar a tramitação da liberação do Projeto de Lei em questão. 

O projeto de lei que tramita desde 2015, de autoria do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD-ES), pretendia apenas alterar o artigo da Lei de Drogas que permitia a comercialização de medicamentos com substâncias derivada da Cannabis, mas foi alterado e ganhou uma expansão maior, onde, se aprovado, permitiria o plantio com intuito medicinal por pessoas jurídicas, a partir de cotas de cultivo dentro de estufas em todo território nacional. 

Em reunião com embaixador americano, Carlesse apresenta potencialidades do estado

[relatedposts]

Em um vídeo publicado em sua rede social, Eli Borges está ao lado do ex-ministro da Cidadania e atual deputado federal, Osmar Terra, que também luta contra a aprovação do PL. No vídeo, Terra reitera ser contra a aprovação e tece elogios e prestígio à Eli Borges por também ir contra. 

“Que bom que nós temos o deputado como o Eli Borges, que é um homem religioso, um homem da fé, é um homem que luta pelos valores morais éticos dentro da família e principalmente, tem uma história longa de luta contra as drogas”, afirmou Terra, passando a fala para Eli Borges que logo em seguida, afirmou que em breve o ministro estará no Tocantins para tratar sobre esse assunto a fundo. 

 

Sargento Júnior Brasão apresenta requerimento que garante segurança aos “Conselheiros Tutelares”

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios