Política

Após repercussão do requerimento do vereador Rubens Uchôa, prefeitura adota medidas para comércio

Vice-presidente da Câmara de Palmas Rubens Uchôa. Foto: Câmara de Palmas

Nas duas últimas semanas de março houve polêmica no requerimento proposto pelo vereador Rubens Uchôa (Cidadania) que solicitava a flexibilização de bares e restaurantes na capital. Nesta sexta-feira, 14, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), editou novas medidas sobre o funcionamento de atividades educacionais e comerciais. 

O vice-presidente da Câmara Municipal de Palmas, vereador Rubens Uchôa (Cidadania), apresentou um requerimento de urgência para a flexibilização de bares e restaurantes da capital.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-TO) no Tocantins compareceu à câmara no dia 11 de março para exigir retratação do vereador

“O vereador Rubens Uchôa fez uma proposta pedindo que nós retornemos às nossas atividades, mas nós não podemos ficar calados diante de um ataque tão ofensivo. Nós precisamos de respeito. Nós precisamos trabalhar para manter as nossas famílias. Esse é o nosso intuito aqui hoje, nós pedimos o direito de trabalho”, disse a Presidente da Abrasel, Ana Paula Setti, em entrevista ao Pauta Notícia. 

[relatedposts]

O Decreto nº 2.048, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na sexta-feira, 14, aponta que bares e restaurantes poderão ter o horário de funcionamento ampliado das 11h às 22h a partir do dia 21 de maio, respeitando as recomendações sanitárias e o limite de 50%. 

Jovem é morto com quatro tiros em Palmas

A Prefeitura de Palmas editou novas medidas sobre o funcionamento de atividades educacionais e comerciais. Com datas diferentes para começarem a vigorar, as mudanças estão no Decreto nº 2.048, publicado na edição do Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta-feira, dia 14.

Conforme o decreto, espaços públicos, exceto os píeres e as faixas de areia da praia, poderão ser reabertos. Além do mais, o decreto traz novas medidas para as casas agropecuárias, distribuidoras, conveniências e serviços administrativos do Município.

Ainda de acordo com o decreto, escolas particulares poderão retomar as aulas presenciais, de forma escalonada e sistema híbrido, a partir do dia 17 de maio, respeitando o limite de 50% da capacidade de cada área do estabelecimento e os protocolos sanitários. 

Homem é morto com corte de faca no pescoço

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios