Política

Paulo Vieira se manifesta contra aumento na tarifa de ônibus; prefeita promete revisar contrato

Foto: Antônio Gonçalves/Secom Palmas/Divulgação

A Prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) prometeu revisar o contrato com a Expresso Miracema, após a empresa solicitar à Justiça o aumento da passagem do transporte público de Palmas, de R$ 3,85 para R$ 6,90. 

A notícia do aumento vem gerando polêmica nas redes sociais nesta semana.  O pedido de aumento além de trazer revolta para os usuários do transporte público, também agitou a rede social do humorista tocantinense Paulo Vieira

Em seu Twitter, o humorista se manifestou contrário ao aumento da tarifa. Paulo Vieira repercutiu a solicitação de aumento na tarifa do transporte público feita pela empresa à Justiça. Além disso, pediu à prefeita e vereadores para que o aumento não fosse realizado.

MP institui adicional de insalubridade aos profissionais da linha de frente no combate à Covid-19

[relatedposts]

“Pelo amor de Deus @CinthiaCRibeiro e vereadores, não deixem isso acontecer! O povo de Palmas não tem condição de pagar quase 7 reais de passagem de ônibus!”, expressa Paulo Vieira

Em resposta ao humorista, a prefeita Cinthia Ribeiro afirmou que a revisão do contrato já está em andamento. “Foram 30 anos de abusos… o palmense merece transporte público de qualidade e com valor justo. Uma revisão do contrato, assim como proposta do novo formato da concessão, já estão em andamento. Impossível quererem transferir para o povo uma bomba dessas, sem condição”, diz a prefeita

Conforme informado à Justiça pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Seturb) de Palmas, o aumento da tarifa de ônibus se deu por base em estudo que contém Cálculo Tarifário Atualizado. 

Com o desemprego crescente, Irajá Abreu ressalta a importância do Projeto de Lei do 1° Emprego

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios