FeaturedPolicial

Integrante de facção criminosa é preso pela PM e outro alvejado durante confronto em Gurupi

Luana Barros/Governo do Tocantins (revisão)

Um integrante de facção criminosa, indivíduo de 22 anos, foi preso pela Polícia Militar, e outro indivíduo de 21 anos, também integrante de facção criminosa, foi alvejado e veio a óbito durante confronto ocorrido na tarde de sexta-feira, 07, na cidade de Gurupi. Na ação foram apreendidas duas armas de fogo, seis munições, dois aparelhos de celular e dinheiro, além de uma motocicleta marca Yamaha Yamaha/Fazer 250 Blueflex.

O confronto ocorreu na Avenida Perimetral Norte, Setor Vila Nova em Gurupi, após uma tentativa de abordagem. A equipe da Força Tática do 4º Batalhão de Polícia Militar realizava patrulhamento pelo local quando identificou dois indivíduos em atitude suspeita em um bar. Ao perceber a presença da viatura eles esboçaram uma reação atípica. No momento em que a equipe policial foi proceder a abordagem, um dos indivíduos tentou fugir empunhando uma pistola e efetuando um disparo na direção da equipe.

Kátia Abreu questiona chanceler sobre o discurso do Presidente e como isso pode afetar a relação com a China

[relatedposts]

Diante do perigo iminente, os policiais revidaram a injusta agressão, momento em que o indivíduo foi atingido. Ele estava de posse de uma pistola Imbel calibre 380. O outro suspeito resistiu à abordagem e ainda tentou sacar a arma de fogo, sendo contido pelos policiais e preso. No momento da prisão do infrator foi localizado um revólver calibre 38 com seis munições intactas e um aparelho celular de origem duvidosa em seu poder.  A equipe de resgate do SAMU foi acionada e esteve no local, onde constatou o óbito do envolvido atingido.

O infrator preso já possuía um mandado de prisão em aberto, expedido no dia 12 de abril de 2021, pela 1ª Vara Criminal de Porto Nacional, pela tipificação penal contida no artigo 121 do Código Penal Brasileiro (homicídio).

Diante do ocorrido, o indivíduo foi conduzido para central de flagrantes juntamente com o material apreendido, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e também foi cumprido o mandado de prisão. Após os procedimentos na delegacia da Polícia Civil, o autor foi recolhido à casa de prisão provisória (CPP) de Gurupi e ficará à disposição do poder judiciário.

Os dois envolvidos possuem uma vasta ficha criminal, são conhecidos como integrantes de facção criminosa (PCC), sendo suspeitos de vários roubos e homicídios na região de Palmas e Porto Nacional. Os dois estavam com mandado de prisão em aberto, expedidos pela justiça de Porto Nacional.

Crédito das fotos: Ascom PMTO.

Senador Eduardo Gomes firma parceria com o município de Pedro Afonso na rota do MATOPIBA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios