FeaturedRegional

Semed inicia distribuição de alimentos às famílias de alunos cadastrados em programas sociais

Autor: Redação Semed |

 

Teve início na manhã desta quarta-feira, 14, na Escola de Tempo Integral (ETI)  Anísio Teixeira, em Palmas, a primeira etapa do ano de 2021 da distribuição dos kits de alimentos aos alunos da Rede Municipal de Ensino cadastrados nos programas de proteção social do Governo Federal. Os kits são compostos por produtos perecíveis e não perecíveis que seriam destinados à alimentação escolar, e irão atender as famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Programa Bolsa Família. O recurso utilizado para esta etapa de distribuição dos kits é referente aos meses de março e abril.

Cada unidade educacional fará o seu cronograma de entrega e entrará em contato com as famílias contempladas para agendar o dia e horário para a retirada. Tanto a montagem quanto a entrega dos kits são feitas seguindo as orientações de higienização e segurança recomendados pelos órgãos de saúde. Estima-se que 14.400 famílias de alunos sejam beneficiadas.

A superintendente de Projetos Especiais da Semed, Nágila Bastos, anunciou para este ano uma ferramenta que irá garantir a transparência do processo. Trata-se de um módulo criado dentro do Sistema de Gestão Educacional que permite o acompanhamento da doação a cada família contemplada, cujo representante assinará um termo de recebimento e retirada do kit. “O sistema possibilita a fiscalização de todas as doações diretamente por parte dos órgãos de controle”, explica.

[relatedposts]

Carmem Vieira é mãe de Rebeca Cecília Laranjeiras, que está no terceiro ano na ETI Anísio Teixeira. Com a pandemia, ela sentiu a queda na procura pelos serviços de diarista e considera que a distribuição dos kits acontece em um momento importante. “Está muito difícil passar por esta pandemia, há pessoas sem ter o que comer. Este kit é uma ajuda e também representa uma esperança de que as coisas irão melhorar”, acredita.

A doação de alimentos adquiridos junto aos fornecedores contemplados pelas licitações de compra para a merenda escolar faz parte de um conjunto de ações da Prefeitura de Palmas para mitigar os efeitos da pandemia aos cidadãos palmenses em situação de vulnerabilidade econômica, divulgado pela prefeita Cinthia Ribeiro nesta terça-feira, 13.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios