FeaturedRegional

Prefeitura de Palmas terá reabertura de cerca de 30% do comércio com atendimento presencial; confira

A Prefeitura de Palmas anunciou nesta quinta-feira (1º) que vai adotar novas medidas de restrição a partir da próxima segunda-feira (5). Foi informado que o atual decreto em vigor vai ser prorrogado para o fim de semana da Páscoa e que o novo texto só entrará em vigor na próxima semana.

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, adiantou que o novo texto deve contemplar a reabertura de cerca de 30% do comércio com atendimento presencial e com horários escalonados. As escolas e cursinhos, públicas e privadas, vão continuar fechadas.

A volta escalonada de segmentos foi pensada para ter redução do fluxo no transporte público, que foi indicado como uma das principais preocupações. Também foi informado que as indústrias poderão fazer contratos específicos com o transporte público para levar os funcionários de casa para o trabalho, diminuindo o fluxo no sistema geral. Ainda não foram detalhadas as condições destes contratos.

As academias também poderão reabrir para atendimento presencias a partir da segunda, com horário escalonado e capacidade máxima de ocupação de 30%.

[relatedposts]

Cinthia Ribeiro informou ainda que vai propor um termo de responsabilidade para as empresas para possibilitar uma fiscalização mais efetiva. Com esta medida, as irregularidades eventualmente flagradas poderão resultar em suspensão ou cassação do alvará, sem notificação prévia.

Também estão em estudo, ainda sem data para terminarem, medidas para auxiliar os microempreendedores individuais, que foram apontados como um dos públicos mais afetados pela pandemia. A prefeitura ainda não detalhou quais medidas seriam estas.

As novas restrições foram anunciadas em uma reunião virtual com a imprensa realizada pela gestão. Na reunião, foi apresentado ainda o resultado das medidas restritivas que estão em vigor desde o dia 6 de março.

Avaliação do cenário

Segundo a prefeitura, houve queda nos registros de novos casos enquanto as restrições estiveram em vigor. A taxa de transmissão voltou a ficar abaixo de 1, em exatos 0,98. Isso significa que cada 100 pessoas doentes estão transmitindo a Covid-19, em média, para outras 98. Por isso foi identificada uma tendência de redução na quantidade de novos casos.

Durante a reunião, a prefeita classificou os números como “resultados satisfatórios, mas não resultados que nos façam pensar com tranquilidade diante do cenário que a gente trabalha”.

O presidente do Comitê de Crise, Daniel Borini, destacou que houve mudanças com relação a primeira onda da Covid. “A doença está muito mais grave e o número de pacientes que precisam de internação é muito maior”, disse ele. Segundo Borini, pessoas que não estavam no grupo de risco anteriormente também estão desenvolvendo formas graves do vírus.

Ferramentas apresentadas

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde apresentou um novo site, Vacina Já, que vai informar sobre o andamento da campanha de vacinação na cidade.

O Coronômetro também foi apresentado. Se trata de uma ferramenta que acompanha a situação epidemiológica na cidade através de uma classificação em cinco cores (do cenário mais positivo para o mais negativo: verde, azul, amarelo, laranja e vermelho).

O painel atual indica que a cidade está entre a fase vermelha e a fase laranja, que indica tendência negativa. Este é um dos indicadores levados em consideração para a tomada de decisões.

O decreto em vigor

O atual texto do decreto, válido agora até o domingo (4), determina a suspensão das atividades não essenciais em Palmas. A prefeitura fez algumas alterações para flexibilizar formas de atendimento no dia 23 de março. Obras civis puderam ser retomadas. O supermercados passaram a poder funcionar durante toda a semana e bares e restaurantes também foram autorizados a realizar entregas de comida aos domingos, o que era vedado no texto anterior.

Missas e cultos podem acontecer somente de forma virtual, com atendimentos individualizados sendo autorizados, desde que com agendamento.

Continuam suspensas as atividades presenciais em escolas, berçários, cursinhos, públicos ou particulares, e em instituições de ensino superior.

Com informações g1/to.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Enviar Mensagem
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do Pauta Notícias.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios