Mundo

Prefeitura de Palmas nomeia quem não fez o curso de Brigadistas e Erivelton cobra explicações

Na manhã de terça-feira, 15, o vereador Erivelton (PV) cobrou que a Prefeitura de Palmas encaminhe explicações para a Câmara Municipal acerca da contratação de Brigadistas, que atuam no combate aos incêndios na capital. O Diário Oficial do Município do dia 14 de agosto de 2020, traz as nomeações de outras pessoas para a Fundação de Meio Ambiente na função Auxiliar de Paisagismo e Arborização.

Os profissionais fizeram um investimento em tempo e financeiro em transporte e participaram de curso teórico e prático, inclusive com aulas no Parque Cesamar. Após isso, aguardavam segunda ordem para apresentar a documentação e contratação. No entanto, tiveram suas expectativas frustrados, pois a Defesa Civil entrou em contato com os Brigadistas, para solicitar a devolução dos equipamentos, sob pena de executarem buscas em suas residências.

O vereador solicita que a Presidente da Fundação de Meio Ambiente possa esclarecer a situação e o ato do Poder Executivo. “Queremos explicações sobre essa situação, pois contrataram pessoas para cuidar de paisagismo e arborização, conforme o Diário Oficial, e não para atuar na brigada de incêndios. Por que as pessoas que foram treinadas não foram convocadas?”, questionou o parlamentar.

Ao publicar nas redes sociais um vídeo sobre o assunto, muitos Brigadistas entraram em contato com o vereador, pois são pessoas que investiram, gastaram dinheiro para a formação e agora ficaram a mercê, pois as contratações foram encerradas, e nenhum deste alunos treinados foram nomeados.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios