FeaturedRegional

Luana comemora aprovação na Assembleia Legislativa de projeto que isenta ICMS na aquisição de armas de fogo

Por Vitória Soares – Ascom Luana Ribeiro

 

Em tramitação na Assembleia Legislativa desde o ano passado, projeto de Lei que propõe a isenção do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para aquisição de armas de fogo no Estado do Tocantins, foi aprovado no plenário nesta quarta-feira, 10. De autoria da deputada estadual Luana Ribeiro, a proposta segue para sanção do Governador Mauro Carlesse.

 

O projeto foi apresentado pela parlamentar no dia 13 de fevereiro de 2019 e posteriormente a apresentação, outros parlamentares expuseram iniciativas semelhantes que serão apensadas ao projeto de Luana Ribeiro. A medida irá beneficiar profissionais da segurança pública do Tocantins e de outros setores de atuação.

 

Luana Ribeiro comemora a aprovação e ressalta que o projeto de Lei irá auxiliar na garantia de segurança da população tocantinense. “Uma das pautas da minha atuação parlamentar é o combate à violência no estado. A isenção de ICMS na compra de armas de fogo irá contribuir para o fortalecimento das forças de segurança no Tocantins, que atuam diariamente em defesa da população,  por isso a aprovação do projeto na Assembleia Legislativa já representa uma grande vitória”, comemorou.

 

Para o Major Cleiber Levy, o projeto irá contribuir para segurança dos profissionais. “Nós que trabalhamos diretamente na segurança pública estamos expostos 24 horas por dia, não deixamos ser agentes de segurança, e a possibilidade de adquirir armamentos com a redução desse preço vai facilitar que o policial tenha um armamento de qualidade também fora do período de atuação”, enfatizou.

A presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins, Sarah Lilian de Souza, acredita que a isenção de ICMS irá auxiliar diretamente no exercício da função. “Essa é uma pauta de extrema importância para categoria, pois atualmente o gasto para aquisição de armas de fogo é muito grande, com a isenção, os treinos e a realização do nosso trabalho será facilitado”, afirmou.

 

Categorias beneficiadas

 

Com alguns substitutivos, o projeto de Lei agora abrange as seguintes categorias: Policiais Militares; Policiais civis; Policiais Federais; Polícia Rodoviária Federal; Militares das forças armadas; Agentes da Abin; Agentes de Execução Penal ; Guardas Civis; Caçadores, atiradores e colecionadores registrados; Auditores Fiscais da Receita Estadual; Fiscais Ambientais do Naturatins; Agentes de Segurança Socioeducativo; Membros do Ministério Público, Poder Judiciário e Defensoria Pública do Tocantins.

Foto: Ascom Luana Ribeiro

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios