Featured

Em vídeo vazado no WhatsApp, líder do MBL anuncia “operações” para derrubar o presidente

Em um vídeo vazado, o líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Renan Santos, fala que o grupo começará uma série de ataques ao governo Bolsonaro.

Renan fala em ações efetivas, com “operações” para derrubar o governo Bolsonaro.

 

 

Acusados de serem eleitos com a onda Bolsonaro, o grupo MBL tem como integrantes o deputado federal Kim Kataguiri e o deputado estadual de São Paulo, Arthur do Val.

Em uma postagem no Twitter, o jornalista Allan do Santos comentou que o vídeo com as ameaças de Renan já estariam no Gabinete de Segurança Institucional, sendo analisados. Renan respondeu chamando Allan de “blogueiro oficial do governo” e apontando supostas contradições no discurso sobre liberdades individuais.

Nesse instante, um blogueiro oficial do governo – próximo a Heleno – sugere que o GSI está atrás de mim pois pretendo agir pela queda de Bolsonaro. O blogueiro, no caso, luta pela ‘liberdade de expressão’ e contra ‘o estado policial’. Que ninguém se iluda com essa gente”, escreveu.

Com informações conexaopolitica.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios