BrasilFeatured

Senador do Tocantins defende Bolsonaro na Globo News e irrita repórter; assista

Na noite do último sábado, 30, o senado tocantinese e líder do governo no congresso Eduardo Gomes juntamente com Eduardo Cardozo, ministro no governo Dilma Rousseff e Raul Jungmann, que integrou governo do ex-presidente Temer; participaram de um debate na GloboNews.

Os três deram as declarações durante debate sobre democracia, fake news e crise institucional.

O senador Eduardo Gomes, que é líder do governo Bolsonaro no Congresso, disse que o presidente tem o estilo de defender pessoalmente o governo, mas que têm feito isso de maneira democrática.

“Nós temos um presidente da República que se defende pessoalmente. Muita gente chama de ataque aquilo que pode ser considerado por parte da população brasileira como defesa do presidente Bolsonaro pelos ataques que recebe”, afirmou o parlamentar do Tocantins.

“É importante dizer que isso acontece no campo da democracia. Afinal de contas, tivemos recentemente questionamento no Supremo Tribunal Federal quando da gravação da ex-presidente Dilma, na nomeação do presidente Lula para a Casa Civil, tivemos duas votações de possibilidade de impeachment do ex-presidente Michel Temer. Então, os poderes já se enfrentaram antes. A única diferença agora é que os atores mudaram e o presidente tem um estilo de tratar pessoalmente aquilo que ele acha que é a defesa do governo dele, dos 57 milhões de votos que recebeu.

Mas o presidente vem enfrentando isso democraticamente, divergindo. Não é a primeira vez que isso acontece”, completou Eduardo Gomes.

A atitude de defesa do presidente pelo parlamentar tocantinense, foi elogiada pelo filho de Bolsonaro e também senador Eduardo Bolsonaro.

Em sua postagem, Eduardo Bolsonaro disse que: Fake News e o projeto “Cala a boca NÃO morreu.”. Em pouco tempo o vídeo postado já tinha mais de 51.808 visualizações.

Assista:

 

https://www.instagram.com/p/CA2fGRPFuBB/

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios