FeaturedRegional

Ineficiência no atendimento da Assistência Social é criticada pelo vereador Erivelton Santos

Na manhã de quarta-feira, 15, o vereador Erivelton Santos (PV) usou a tribuna durante a sessão ordinária na Câmara, para reclamar a respeito do atendimento ineficiente dos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS) em Palmas. Além disso, o parlamentar reiterou o pedido de isenção de IPTU e ISS para pequenas e médias empresas e solicitou celeridade na inauguração da Policlínica da 303 Norte.

O vereador explicou que os CRAS deixam a desejar, não por culpa dos servidores, mas por falta de gestão. “Falta estrutura, faltam mais unidades de CRAS para atender a comunidade, as linhas telefônicas estão sempre ocupadas. Ou seja, o local que é a referência de política social, não tem atendido a população com dignidade”, lamentou.

Durante o discurso, o parlamentar ressaltou que Palmas não é formada somente por pessoas ricas, mas também por pessoas necessitadas, por famílias que precisam da Assistência Social. “É notório que não há um olhar para o povo carente da capital. Palmas é composta por famílias carentes, por pessoas pobres. Quero pedir socorro ao Município para atender essas famílias, que muitas vezes só precisam de uma cesta básica, de R$50. Porém, nem mesmo por telefone é possível obter o atendimento no CRAS. Ás vezes a pessoa só quer atualizar o cadastro e ter acesso ao auxílio emergencial disponibilizado pelo governo federal”, comentou Erivelton.

Suspensão de Tributos

Na oportunidade, o vereador reafirmou a necessidade de isentar o IPTU e ISS deste ano para pequenas e médias empresas da Capital por conta do decreto de emergência em saúde por da Covid-19 que interrompeu a economia da cidade. O requerimento foi apresentado e segue para aprovação do plenário.

Policlínica 303 Norte


Outra solicitação do parlamentar foi que a Prefeitura de Palmas agilize as obras e a entrega da Policlínica da quadra 303 Norte. “O local atenderá inúmeros cidadãos da região. Neste tempo de Pandemia que estamos vivendo é necessário desafogar o máximo possível o sistema de saúde municipal”, afirmou Erivelton.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios