BrasilFeatured

Eli Borges propõe Frente Parlamentar em defesa pela “Desburocratização do Serviço Público”

Apesar das medidas contra a burocracia e do incremento tecnológico dos últimos anos, a administração pública continua obsoleta e atrasada.

A burocracia também é uma praga que contamina o crescimento do país, dificulta a competitividade, desviando recursos produtivos para áreas não produtivas. A burocracia em excesso gera custos para as empresas, para a sociedade e para o Governo. Desburocratizar o Estado é a melhor forma de garantir desenvolvimento.

E pensando nisso o deputado Federal pelo Tocantins, Eli Borges (SOLIDARIEDADE/TO), usou a tribuna, na última terça-feira, 18, para falar sobre sua proposição em defesa da Desburocratização do serviço público.

O deputado trouxe números do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, que afirma que desde a constituição de 1988 até 30 de setembro de 2016, foram editados mais de 5, 4 milhões de normas no Brasil, isso corresponde a 774 normas por dia útil, dividido nas três instâncias governamentais.

“Segundo relatório do Banco Mundial, que compara a regulação em 190 economias, afirma que as empresas no Brasil gastam 1.958 horas por ano com procedimentos administrativos, pagamento de taxas e impostos, deixando a nossa nação em 109 posição, quando se mede a facilidade de fazer negócios, e na 184 posição quando se trata da facilidade de tramite para o pagamento de impostos e isso consome cerca de 60 bilhões por causa da burocracia”; pontuou o parlamentar.

“Diante deste quadro o deputado acredita que é uma máxima deste parlamento e quer conclamar seus pares para o ajudar neste pleito”; concluiu.

 

Assista:

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios