BrasilFeatured

Conselheiro do Tribunal de Contas é homenageado pela Unitins

Em comemoração aos 30 anos de criação, a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), realizou solenidade nesta terça-feira,18, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas, e prestou homenagens a pessoas que se destacaram no Estado. O conselheiro Napoleão de Souza Luz Sobrinho do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), foi um dos homenageados com o certificado de Menção Honrosa em agradecimento à sua contribuição ao ensino superior público no Tocantins.

A universidade também considerou, ao homenagear o conselheiro, o período em que foi comandante-geral da Polícia Militar do Tocantins, época em que estabeleceu com a Unitins uma parceria que propiciou a oferta de cursos de formação superior a policiais militares.

O conselheiro Napoleão agradeceu a homenagem lembrando sua trajetória. “Para nós que presenciamos os atos de criação dos diversos órgãos do Estado, dentre eles a feliz decisão do governador Siqueira Campos de criar a Unitins, é muito gratificante receber essa homenagem, na comemoração dos 30 anos dessa universidade que tanto contribui com o crescimento do nosso Estado e do Brasil”, ressaltou o conselheiro. Ele destacou que “rever a Doutora Maria do Rosário e ouvir o seu relato, primeira Reitora da Unitins, nos emocionou muito”.

Em nome do TCE/TO, o conselheiro Napoleão parabenizou a Unitins ressaltando que a universidade é “motivo de orgulho dos tocantinenses, dos servidores, professores, do magnífico reitor Augusto Rezende e diretoria, pelo trabalho dedicado e sério em favor do ensino superior de qualidade como fator decisivo para o desenvolvimento do Tocantins.

Mais homenagens

Na mesma cerimônia, o ex-governador José Wilson Siqueira Campos, responsável pela criação da Unitins, foi homenageado com o título de Doutor Honoris Causa. O ex-vice-governador do Estado, Raimundo Pires dos Santos, o representou no evento. A homenagem é dirigida a personalidades que tenham se distinguido, seja pelo saber, atuação em prol das artes, das ciências, da filosofia, das letras ou do melhor entendimento entre os povos.

Responsável pela criação do Estado do Tocantins, em 1988, Siqueira Campos viu à época a necessidade de formação de nível superior para as demandas da sociedade. Com isso, criou a primeira universidade do Estado, necessária para qualificação de recursos humanos, produção de conhecimento e desenvolvimento de tecnologias, principalmente voltadas às questões do desenvolvimento regional.

História

Criada em fevereiro de 1990, a Unitins já diplomou cerca de 90 mil profissionais em todas as áreas de conhecimento e em todas as regiões do País. No Tocantins, está presente com câmpus nas cidades de Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Palmas e Paraíso do Tocantins. Além disso, possui unidades de pesquisa nos municípios de Formoso do Araguaia, Miranorte, Araguaína e está presente em Porto Nacional com o Núcleo Tocantinense de Arqueologia (Nuta) e o Museu José Hidasi.

Atualmente, a Unitins tem cerca de 2.500 acadêmicos em 15 cursos de graduação presenciais e gratuitos.

Com informações da Ascom Unitins

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios